... ou a arte de bem fazer política à portuguesa

Quarta-feira, 15 de Abril de 2009
A justiça é cega, surda, muda ... e insensível!

Depois de terem perdido os seus entes queridos de forma trágica, de terem visto o tribunal absolver os alegados responsáveis pelo acidente, eis que os familiares das vítimas da queda da ponte Hintze Ribeiro, em Castelo de Paiva, são notificados para pagar custas judiciais no valor de meio milhão de euros. De acordo com a lei, quem perde o processo paga as custas judiciais. Neste caso, além de terem perdido os familiares, viram os seis acusados pelo Ministério Público (que dirigiu a investigação) serem absolvidos e, consequentemente, negada qualquer indemnização. Não houve uma única condenação. Como se a queda do tragicamente famoso Pilar 4 não tivesse tido sinais pronunciadores de que algo não estaria bem na ponte. Resta-lhes apelar à sensibilidade do Governo, que pode criar um regime de excepção. Será que finalmente lhes será feita justiça?



Publicado por Fátima Mariano às 23:06
Link do post | Diga de sua justiça! | Adicionar aos favoritos

Me, myself & I
Pesquisar neste blog
 
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

A justiça é cega, surda, ...

Memórias

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Outros Jamé!
Bibliografia
"Génese e desenvolvimento do movimento feminista português (1890-1930)", dissertação de mestrado em História do século XX, FCSH/UNL, Abril de 2005
Em co-autoria: "Memórias da Siderurgia - Contribuições para a História da Indústria Siderúrgica em Portugal", coordenação Maria Fernanda Rollo, ed. História e Câmara Municipal do Seixal, 2005
blogs SAPO
subscrever feeds