... ou a arte de bem fazer política à portuguesa
Segunda-feira, 13 de Abril de 2009
Lei da Paridade

É verdade! As mulheres fazem a democracia melhor. Mas não apenas se integrarem listas políticas candidatas a determinado acto eleitoral por força da Lei da Paridade. As mulheres fazem a democracia melhor se ocuparem também lugares de decisão na magistratura, nas universidades, nos centros de investigação, nas empresas, nas unidades de saúde, nas polícias, nas forças armadas, etc., etc., etc. Os números não mentem. Há cada vez mais mulheres nas universidades e, consequentemente, no mercado de trabalho nas mais diversas áreas. Mas este crescimento não se tem traduzido num aumento proporcional do número de mulheres que ocupam lugares de decisão. Esses continuam quase como que um exclusivo dos homens. E este é um ciclo que ainda vai demorar várias décadas a interromper.

 

 

A Lei da Paridade determina que "as listas para a Assembleia da República, para o Parlamento Europeu e as autarquias locais são compostas de modo a assegurar a representação miníma de 33% de ambos os sexos". E o nosso pensamento imediatamente se centra nas mulheres. A propaganda institucional que se vê/ouve nas rádios, televisões, jornais, revistas, centra-se nas mulheres. Todo o debate que se gerou em torno da lei centrou-se sobre o acesso das mulheres à política, como se esse não fosse um direito delas como cidadãs de plenos direitos (e deveres) que são, mas sim uma benesse conferida pelo legislador. Leis como esta em nada dignificam as mulheres nem a democracia. Só a prática, a começar pela dos gestores públicos, contribuirá para uma efectiva mudança de mentalidades e, consequentemente, na participação igualitária das mulheres em todas as áreas de vida comunitária.



Publicado por Fátima Mariano às 23:38
Link do post | Diga de sua justiça! | Adicionar aos favoritos

Domingo, 12 de Abril de 2009
Porque hoje é domingo...

 

 



Publicado por Fátima Mariano às 14:33
Link do post | Diga de sua justiça! | Adicionar aos favoritos

Sábado, 11 de Abril de 2009
Bye-bye, Quique!

Quique Flores terá hoje aberto a porta de saída do clube da Luz, depois de a equipa ter perdido em casa frente à Académica de Coimbra. O treinador espanhol há muito que se queixava publicamente que os jogadores não rendiam o suficiente. Vejam só a reacção dele quando os jornalistas lhe perguntaram se ainda há hipóteses de o Benfica ser campeão nacional esta época:

 

 

 



Publicado por Fátima Mariano às 23:16
Link do post | Diga de sua justiça! | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 10 de Abril de 2009
Desculpe, posso ver a cor da sua lingerie?

 

Que a quem preste serviço ao público se exija os mínimos cuidados de higiene e algum esmero no vestir, ainda aceito. Mas que se proíbam as funcionárias do Estado de usarem, em serviço, blusas decotadas, saias muito curtas, gangas, perfumes com cheiro agressivo, roupa interior escura, saltos altos e sapatilhas, já não posso aceitar. 

 

De acordo com a edição de hoje do Correia da Manhã, foram estas as ordens dadas às funcionárias da recém-inaugurada Loja do Cidadão de 2ª geração, em Faro. Além de se tratar de uma medida discriminatória  - por que não proibir também os homens de vestirem calções, camisas com os botões desapertados e sapatilhas?? -  é atentatória da intimidade das funcionárias. Por que razão não podem usar lingerie preta? De que forma vão confirmar, diariamente, se estão a cumprir esta ordem? Vão obrigá-las a despir diante do chefe?

 

Será que o Governo não tem nada de importante em que pensar?



Publicado por Fátima Mariano às 17:44
Link do post | Diga de sua justiça! | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 9 de Abril de 2009
Rebentou a guerra dos cartazes em Lisboa

Ainda a campanha para as eleições europeias vai no adro e a guerra dos cartazes já rebentou em Lisboa. Depois de andar mais de um mês a sensibilizar os partidos representados na Câmara Municipal para não colocarem propaganda política no eixo Marquês de Pombal/Avenida da Liberdade, argumentanto que tal iria interferir com a estética do local (?!), o vereador José Sá Fernandes ordenou hoje o PSD que retirasse o cartaz ali colocado num prazo de 48 horas, argumentando que se trata de uma zona protegida (?!).

 

 

Segundo o Plano Director Municipal (PDM) de Lisboa, o eixo Marquês de Pombal/Avenida da Liberdade está classificado como "área verde de recreio". Portanto, não se entende quando Sá Fernandes argumenta que se trata de uma área protegida. O próprio vereador usou aquele mesmo espaço para fazer propaganda à sua candidatura nas últimas eleições autárquicas, há quatro anos. O que o terá feito Sá Fernandes mudar de opinião?

 

 

Quanto à questão estética, o que dizer relativamente às enormes bolas que a TMN colocou na rotunda propriamente dita na época natalícia? Não terão sido estas, sim, um verdadeiro ataque à estética do local? E no entanto, a Câmara de Lisboa não negou a sua colocação. E o que dizer da Renault Roadshow F1 que, em Outubro passado, além de atentar contra a estética de toda aquela zona, atentou contra a saúde de todos quanto ali vivem e trabalham. Mas também neste caso, a Câmara de Lisboa nada teve a objectar.

 

 

Por que terá sido?

 

Porquê esta guerra agora?



Publicado por Fátima Mariano às 23:41
Link do post | Diga de sua justiça! | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 8 de Abril de 2009
Eurodeputada, mãe, mas sem licença de maternidade

A eurodeputada dinamarquesa Hanne Dahl foi recentemente notícia por ter levado a sua filha bebé para uma sessão parlamentar. De todo o lado surgiram mensagens de congratulação por este seu acto de coragem. Mas o que terá passado despercebido a muitos cidadãos é que os eurodeputados não têm direito a licença de maternidade/paternidade. Ou melhor: se quiserem ficarem em casa com o filho recém-nascido, perdem o emprego. Sublinhe-se que estamos a falar do Parlamento Europeu, não de uma qualquer empresa de vão de escada ou de uma fábrica clandestina! E se a moda pega?



Publicado por Fátima Mariano às 23:43
Link do post | Diga de sua justiça! | Adicionar aos favoritos

Domingo, 5 de Abril de 2009
Porque hoje é domingo...

 

 



Publicado por Fátima Mariano às 17:14
Link do post | Diga de sua justiça! | Adicionar aos favoritos

Sábado, 4 de Abril de 2009
Sugestão de fotografia

 

Se tem animais de estimação e é um amante da fotografia, este concurso é para si. É promovido pela Câmara Municipal de Odivelas e o regulamento pode ser consultado em

http://www.cm-odivelas.pt/Extras/dono_e_eu/index.htm

 

Não perca tempo!

 



Publicado por Fátima Mariano às 14:31
Link do post | Diga de sua justiça! | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 3 de Abril de 2009
É este o respeito que merecem os GNR?

Uma semana depois de ter denunciado que os militares da GNR de Vialonga eram transportados numa carrinha celular, por falta de outro meio de transporte, a SIC noticiou hoje que essa carrinha foi substituída por um veículo... que não tem a inspecção obrigatória em dia e que tem uma porta... emperrada. Sinceramente, não sei o que é pior! As duas situações são extremamente humilhantes para uma força que tem como objectivo a defesa da segurança dos cidadãos (incluindo a segurança rodoviária) e que por estes deve ser respeitada. Mas se nem os seus próprios superiores hierárquicos parecem preocupar-se com este tipo de situações, não se admirem, depois, se os militares forem alvo de chacota ou não poderem acorrer com a prontidão exigida a situações de emergência.

 

Estaremos num país do terceiro mundo e eu ainda não dei por nada?



Publicado por Fátima Mariano às 22:05
Link do post | Diga de sua justiça! | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 1 de Abril de 2009
Agressões sexuais

Nos Estados Unidos, Abril é o mês por excelência de alerta contra as agressões sexuais, um fenómeno com dimensões preocupantes e tranversal a todos os sectores da sociedade. Em Portugal, desconheço se alguma vez foi feita qualquer campanha de alerta sobre este tipo de crime. Que não se cinge apenas às violações, "o acto mais atroz que se pode cometer contra outro ser humano", como sublinhou o psicólogo Armando Coutinho-Pereira, na semana passada, no Curso Livre de Medicina Legal da Universidade Portucalense. Agressão sexual é tudo aquilo que atenta contra a nossa auto-determinação sexual, pode ser um gesto ou uma palavra.

 

 

O último Relatório Anual de Segurança Interna refere que no ano passado foram denunciadas às autoridades policiais 317 violações, mais 11 do que no ano anterior. Só que este número, por si só, pouco significa. Quantos casos de violência doméstica (e foram quase 24 mil) não serão também situações de agressão sexual, quem sabe, mesmo de violação? Para não falar dos crimes contra a integração física grave (760 casos), onde se incluem os casos de pedofilia. Nem das situações que não são denunciadas por medo ou por vergonha.

 

 

Crimes desta natureza são de tal forma hediondos que a própria comunidade prisional não acolhe bem quem por estes for condenado. E com alguma regularidade salta para o debate público a questão da castração química como a solução milagrosa para todo este problema. Defender esta solução é reduzir a questão da agressão sexual à violação e esquecer que o órgão sexual por excelência é o nosso cérebro. No curso que já referi, o psicólogo Armando Coutinho-Pereira defendeu que é chegada a hora de "parar de diabolizar o agressor e de angelizar a vítima". Mas como fazê-lo? E estaremos nós, enquanto comunidade, preparados para essa mudança de paradigma?



Publicado por Fátima Mariano às 23:25
Link do post | Diga de sua justiça! | Adicionar aos favoritos

Me, myself & I
Pesquisar neste blog
 
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

Porque hoje é domingo....

Porque hoje é domingo...

Porque hoje é domingo....

Sugestão de solidariedade

Sugestão de solidariedade

Haja coerência!

Dar o exemplo

Porque hoje é domingo...

Sugestão de passeio

Porque hoje é domingo....

Memórias

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Outros Jamé!
Bibliografia
"Génese e desenvolvimento do movimento feminista português (1890-1930)", dissertação de mestrado em História do século XX, FCSH/UNL, Abril de 2005
Em co-autoria: "Memórias da Siderurgia - Contribuições para a História da Indústria Siderúrgica em Portugal", coordenação Maria Fernanda Rollo, ed. História e Câmara Municipal do Seixal, 2005
blogs SAPO
subscrever feeds