... ou a arte de bem fazer política à portuguesa

Sexta-feira, 25 de Setembro de 2009
O poder do voto!

No próximo domingo, nós, cidadãos eleitores, teremos nas mãos o poder de decidir que futuro queremos para o nosso país. Mais do que um dever, o poder de votar é um direito do qual não deveremos abdicar nunca, sob pena de estarmos a trair todos aqueles que ao longo de séculos e séculos lutaram para que esta fosse uma faculdade universal. Não nos esqueçamos da História. Dos períodos em que só os detentores de determinados títulos nobiliárquicos, académicos, de riqueza ou pertencentes ao chamado sexo forte (?!), poderiam decidir quem queriam que os representasse.

 

 

No próximo domingo, nós, cidadãos eleitores, teremos na mão o poder de nomear quem queremos que nos represente na Assembleia da República e qual o partido que queremos que nos governo nos próximos quatro anos. Queimados que estão os últimos cartuchos de duas semanas de campanha eleitoral, é tempo de esquecermos as arruadas, os comícios-espectáculos, os discursos floreados e reflectirmos verdadeiramente nas propostas de cada uma das candidaturas, analisar o percurso de cada um dos candidatos e decidir em consciência o que consideramos ser o melhor para o futuro do país. Essa é uma responsabilidade à qual não podemos, não devemos fugir. O voto é um instrumento demasiado poderoso para que deixemos o utilizar.




Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009
Do Outro Lado de Mim

 DO OUTRO LADO DE MIM


Não é a vida que se não viveu o que desgosta;
Não são as horas perdidas à espera doutras o que faz falta;
Nem os sonhos que a realidade não compensou
O que pesa na balança da existência.
Quando o mar é manso e igual
Nem se sente o alvoroço da chegada.
O porto está além mas nada significa além do desembarque.
A chegada é coisa vazia com sabor a frustrada despedida.
O que interessa na vida é a bagagem dela nos nossos sonhos de futuro.
Será o que para além a aventura queimará, alimentada
Por pedaços de nós que o vento arranca.

O que interessa não é a paz de ter chegado.
O que é grande e belo, é isto de chegar
E ter logo e sempre a coragem de partir.

 

(Marcos Leal - 1928/2004 - Ferreira do Zêzere)




Sábado, 15 de Março de 2008
Celebrar o quê?

O Governo e os militantes do PS juntaram-se hoje no Pavilhão Académico, no Porto, para celebrar os três anos de mandato do executivo. Um encontro onde não se falou dos (vários) erros cometidos, porque não vale a pena perder tempo com estes, como sublinhou, durante a semana Vitalino Canas, mas sim das medidas consideradas "positivas, sérias e corajosas" e do futuro de Portugal. Foi a festa da celebração rosa, onde só tiveram lugar aqueles que têm o cartão de cliente. Os outros, os milhares de portugueses que se sentem enganados por este Governo, que sofrem diariamente na pele as consequências das tais medidas "positivas, sérias e corajosas" não tiveram direito a participar na festa. Será que o Governo só governa para o PS?!

 

 

Mas o que há para celebrar?

- o aumento da taxa de desemprego?

- o aumento da taxa de inflacção?

- o aumento dos juros do crédito à habitação?

- a redução real dos salários?

- a fuga de muitas empresas para a Europa de Leste?

- a fuga de grandes crânios nacionais para o estrangeiro?

- o fecho de maternidades, centros de saúde e hospitais?

- a tentativa de controlo e de censura aos meios de comunicação social?

- a perseguição a sindicalistas e manifestantes?

- etc.,

- etc.,

- etc.,?

 

Meus senhores:

Antes de decidirem celebrar o que quer que seja, olhem para o país real, vistam a pele do português, sintam as suas dificuldades diárias, as duas dores, os seus medos, as suas incertezas, e depois digam-nos se ainda têm vontade de celebrar seja o que for.


Jamé...:
Música: Relato Leixões vs F.C. Porto, na TVI


Me, myself & I
Pesquisar neste blog
 
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

O poder do voto!

Do Outro Lado de Mim

Celebrar o quê?

Memórias

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Outros Jamé!
Bibliografia
"Génese e desenvolvimento do movimento feminista português (1890-1930)", dissertação de mestrado em História do século XX, FCSH/UNL, Abril de 2005
Em co-autoria: "Memórias da Siderurgia - Contribuições para a História da Indústria Siderúrgica em Portugal", coordenação Maria Fernanda Rollo, ed. História e Câmara Municipal do Seixal, 2005
É @ visitante nº...
Free Counter
Free Counter
Publicidade

Visit Animal friends from Europe
Locations of visitors to this page
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds