... ou a arte de bem fazer política à portuguesa

Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009
Saldos, promoções & outras ilusões

Não sou viciada em roupas, mas, tal como a maioria das mulheres, gosto de andar de loja em loja a provar trapinhos novos, a comparar cores, feitios, tamanhos e preços. Em época de saldos, promoções, descontos e outras ilusões, essa vontade agudiza-se e passar junto a uma montra e não parar, nem que sejam apenas alguns segundos, é missão quase impossível. Os descontos apregoados nas vitrines são de tal forma apetecíveis, que, muitas vezes, nem raciocinamos e acabamos por ser induzid@s em erro. Já para não falar nas estratégias muito pouco claras que os estabelecimentos adoptam para nos despertar o impulso consumista. Desde números garrafais com preços incríveis onde, por cima, se pode ler, em letras miúdas, "até" ou "desde", até, como eu própria vi hoje numa loja da Zara, em Lisboa, uma mesa com uma placa onde se pode ler "Tudo a 9,90", mas onde é difícil encontrar peças de roupa a esse preço. E se reclamarmos, assobiam para o lado e argumentam que nós é que não soubemos interpretar o que lá estava escrito. Em época se saldos, descontos, promoções e outras desilusões, altura em que tudo parece ser permitido para vender o que quer que seja, há que estar, mais do que nunca, atento aos nossos direitos enquanto consumidores.




Quinta-feira, 23 de Outubro de 2008
Outra vez a EDP

De facto, a política de informação aos clientes é inexistente na EDP. Como já aqui escrevi, e repito, como entidade prestadora de um serviço público, a empresa não tem só direitos (o de cobrar, e bem!, pelo serviço que presta), mas também obrigações, uma das quais é esclarecer cabalmente os clientes das acções que pretende levar a cabo na sua área de residência, quando estas perturbam o normal fornecimento de energia eléctrica e/ou implicam a entrada de funcionários na nossa casa.

 

 

O que se passou, mais uma vez, com os meus pais é bastante ilustrativo do que acabei de escrever. Não se sabe quando, nem porquê, a EDP decidiu colocar um novo cabo na rua dos meus pais, o que implica a substituição do cabo que faz a ligação do poste da rede pública a cada uma das habitações. O que implica que esteja alguém em casa para permitir o acesso dos funcionários da empresa contratada para levar a cabo essa empreitada. Mas ninguém na rua foi avisado da empreitada, nem de quando esta seria levado a cabo.

 

 

Imaginem, por isso, o espanto dos meus pais quando lhe bateram à porta a pedir para entrarem no quintal, porque tinham de proceder à substituição do tal cabo. Operação essa que além de obrigar ao corte da corrente eléctrica dentro de casa, provocou danos na pintura da fachada, que foi pintada este verão. E eu pergunto: se, por acaso, não tiver sobrado um resto de tinta, quem vai suportar o custo com a compra de uma lata e pintar o que foi danificado? Será que para uma empresa como a EDP é demasiado complexo avisar os clientes antecipadamente das obras que vai levar a cabo? Não me parece. Mais uma vez, estamos perante um claro desrespeito pelos direitos do consumidor.




Me, myself & I
Pesquisar neste blog
 
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

Saldos, promoções & outra...

Outra vez a EDP

Memórias

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Outros Jamé!
Bibliografia
"Génese e desenvolvimento do movimento feminista português (1890-1930)", dissertação de mestrado em História do século XX, FCSH/UNL, Abril de 2005
Em co-autoria: "Memórias da Siderurgia - Contribuições para a História da Indústria Siderúrgica em Portugal", coordenação Maria Fernanda Rollo, ed. História e Câmara Municipal do Seixal, 2005
É @ visitante nº...
Free Counter
Free Counter
Publicidade

Visit Animal friends from Europe
Locations of visitors to this page
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds