... ou a arte de bem fazer política à portuguesa

Sexta-feira, 16 de Abril de 2010
Cai forte, fortemente...

Choveu fortemente durante todo o dia. Afinal, estamos em Abril, mês das águas mil.

 

A esta hora, a chuva continua a cair sem dó, nem piedade, mas, mesmo assim, os funcionários da Câmara Municipal de Lisboa ocupam-se na lavagem das ruas, à mangueirada.

 

E ainda falam em utilização racional dos recursos... 




Segunda-feira, 9 de Março de 2009
António Costa e a (in)segurança dos cidadãos

Não sei se entendi bem, confesso! Na sequência do tiroteio que ocorreu na noite de ontem no Bairro Portugal Novo, nas Olaias, o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, disse hoje que "por não se tratar de um bairro municipal, mas sim de iniciativa de uma cooperativa" é uma propriedade "estranha ao município". E, por isso, a autarquia nada tem a ver com o assunto.

 

Mesmo já tendo sido alertada pela PSP e pela própria Junta de Freguesia dos problemas de insegurança e de degradação urbanística e social sentidos naquela zona, a Câmara descarta-se de qualquer responsabilidade só porque o bairro não é municipal. Aquele, diz António Costa, é um caso de Polícia, dos polícias da esquadra que ali funciona mesmo ao lado.

 

 

Quem ali mora não tem os mesmos direitos, nem a mesma atenção por parte da Câmara de Lisboa por não viver num bairro municipal. Se o pensamento é este, então grande parte do território do concelho não é da responsabilidade da Câmara. Então, não se entende por que razão os agentes da Polícia Municipal patrulham a zona da Baixa/Chiado, uma vez que ali não existem casas municipais. Não se entende por que é que estes mesmos agentes patrulham a zona das Avenidas Novas. Aqui, também não há casas municipais, bem pelo contrário. 

 

Não sei se entendi bem, confesso! 




Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2009
O Zé ainda faz falta?

 

José Sá Fernandes, o vereador da Câmara de Lisboa que arrendou a praça do Marquês de Pombal e a Praça do Comércio à TMN para uma campanha de Natal de gosto muito duvidoso, que arrendou a Praça da Alegria para que uma marca automóvel ali fizesse, durante três longas semanas, uma campanha publicitária, que arrendou, entre outros locais, a Praça de Espanha para que a Região Autónoma dos Açores promovesse o turismo, é o mesmo que hoje apresentou uma proposta para que não seja afixada propaganda eleitoral em zonas emblemáticas da cidade. O argumento? "Ser respeitador quanto à protecção de vistas e a não ocupação de passeios"!

 

O cidadão pergunta:

- e os projectos planeados e/ou aprovados para a zona ribeirinha que também violam as protecções de vistas?

 

- e os muitos obstáculos que a Câmara autoriza nos passeios sem ter em conta os problemas que criam aos transeuntes?

 

- e os muitos eventos aprovados pela autarquia, que lhe permite embolsar milhões de euros, e que impedem a livre circulação de veículos e peões, aumentam a poluição visual, sonora, do ar?

 

- etc., etc., etc 

 

 

Será que o Zé ainda faz falta?




Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008
Ele está de volta!

É oficial: Pedro Santana Lopes é o candidato do PSD à presidência da Câmara Municipal de Lisboa nas autárquicas do próximo ano.

 

Será que Lisboa já terá recuperado dos traumas do abandono? Será que Lisboa está disposta a perdoar e a dar uma segunda oportunidade?

 

Não percam os próximos episódios deste romance...




Me, myself & I
Pesquisar neste blog
 
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

Cai forte, fortemente...

António Costa e a (in)seg...

O Zé ainda faz falta?

Ele está de volta!

Memórias

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Outros Jamé!
Bibliografia
"Génese e desenvolvimento do movimento feminista português (1890-1930)", dissertação de mestrado em História do século XX, FCSH/UNL, Abril de 2005
Em co-autoria: "Memórias da Siderurgia - Contribuições para a História da Indústria Siderúrgica em Portugal", coordenação Maria Fernanda Rollo, ed. História e Câmara Municipal do Seixal, 2005
É @ visitante nº...
Free Counter
Free Counter
Publicidade

Visit Animal friends from Europe
Locations of visitors to this page
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds