... ou a arte de bem fazer política à portuguesa

Sexta-feira, 19 de Setembro de 2008
Choco frito... à moda de Setúbal!
Adoro choco frito! Sempre que vou a Setúbal e tenho oportunidade, almoço choco frito. Dizem que é um dos pratos típicos da região. Mas nunca um choco frito me tinha ficado atravessado na garganta como hoje, acreditem!
 
De férias, decidi ir com a família à cidade sadina comer choco frito. Depois de muito procurarmos, optámos por um restaurante situado na Rua dos Mareantes com o sugestivo nome "O Cantinho dos Artistas". Nem eu imaginava o quanto este nome se encaixava na perfeição nos responsáveis pelo restaurante.
 
Uma vez que o choco frito era prato do dia, pedimos choco frito para todos. Meia hora depois, e visto que nunca mais éramos servidos, perguntá-mos ao empregado se ainda demorava. Responde-nos que estava quase a sair. Dez minutos depois, insistimos e obtivemos a mesma resposta. Mais dez minutos, e já fartos de esperar pelo choco frito que era prato do dia, queixámo-nos a outro empregado e nos respondeu o mesmo: "Está mesmo a sair"! Cinquenta minutos depois de nos termos sentado - 50 minutos - fomos finalmente servidos.
 
Obviamente que não me calei. Como é possível que num restaurante se esteja 50 minutos à espera de um prato do dia? Enquanto almoçávamos ouvi um dos empregados a contar ao outro que tinha ido comprar o choco à pressa. Aí, percebi o que realmente se tinha passado. O choco frito constava na ementa para atrair a clientela. Quando nós perguntámos se havia, em vez de nos terem dito que não, preferiram deixarem-nos 50 minutos à espera, enquanto alguém foi comprar o choco à pressa, arranjá-lo e fritá-lo.
 
Pedi o livro de reclamações e registei a queixa. O dono do restaurante (que nunca se mostrou) queria que eu lhe mostrasse os meus documentos, pedido que recusei, como é claro. Aguardo agora que as entidades competentes me digam de sua justiça. E já agora, que a ASAE faça uma das suas visitinhas àquele Cantinho dos Artistas. Iam gostar muito do que lá iriam encontrar, acreditem!
 
 

Jamé...:


Sábado, 2 de Fevereiro de 2008
ASAE FECHA SÉ CATEDRAL DE LISBOA

É Carnaval, ninguém deve levar a mal... e eu não resisti a publicar:

É a notícia do dia, a ASAE decidiu inspeccionar uma missa na Sé de
Lisboa para inspeccionar as condições de higiene dos recipientes onde
é guardado o vinho e as hóstias usadas na celebração. Depois de
sugerir ao cardeal que se assegurasse que as hóstias têm um
autocolante a informar a composição e se contêm transgénicos e que o
vinho deveria ser guardado em garrafas devidamente seladas, os
inspectores da ASAE acabara por prender o cardeal já depois da missa,
depois de terem reparado que D. José Policarpo não procedia à
higienização do seu anel após cada beijo de um crente.

A ASAE decidiu encerrar a Sé até que a diocese de Lisboa apresente
provas de que as hóstias e o vinho verificam as regras comunitárias de
higiene e de embalagem, bem como de que da próxima vez que cardeal dê
o anel beijar aos crentes procede à sua limpeza usando lenços de papel
devidamente certificados, exigindo-se o recurso a lenços descartáveis
semelhantes aos usados nos aviões ou nas marisqueiras desde que o
sabor a limão seja conseguido com ingredientes naturais.

O Jumento sabe que a ASAE ainda inspeccionou a sacristia para se
assegurar que D. José, um fumador incorrigível, não andou por ali a
fumar um cigarro, já que não constando nas listas dos espaços fechados
da lei anti-tabaco as igrejas não beneficiam dos favores dos casinos
pois tanto quanto se sabe o inspector-geral da ASAE nunca lá foi
apanhado a fumar uma cigarrilha."


Jamé...:
Música: "Unchain My Heart", Joe Cocker, RFM


Terça-feira, 22 de Janeiro de 2008
Mais uma piada fácil

Já que o inspector-geral da ASAE não dá qualquer importância a piadas fáceis, deixamos aqui mais uma:

 

 

Exmo.Sr. Director da ASAE (Autoridade da Segurança Alimentar e
Económica)
 
 
Venho trazer ao conhecimento de V.Exa. que o Sr. Muammar Al Gathafi
(também conhecido por Kadhafi) acaba de montar uma tenda no Forte de
S.Julião da Barra, mesmo junto à Estrada Marginal, entre as praias da
Torre e de Carcavelos.
 
Li nos jornais que essa tenda dispõe de um anexo que serve de cozinha
e que todos os alimentos ali confeccionados foram importados da Líbia,
País que não faz parte da UE.
 
É conhecida e até louvável a actividade do organismo que V.Exa., em
boa hora, dirige. É de justiça lembrar a perseguição, no último verão,
aos vendedores ambulantes de bolas de berlim, nas praias portuguesas.
 
Suspeito que a atitude do Sr.Kadhafi infringe vários regulamentos e
preceitos legais. V.Exa ., melhor que ninguém, conhece a legislação
aplicável. Permito-me, mesmo assim, dar algumas pistas:
 
- A Câmara Municipal de Oeiras não emitiu alvará ou licença para a
instalação, no local referido, de um Parque de Campismo;
 
- Não foi passada licença de importação para os géneros alimenticios
trazidos da Líbia, nem os peritos da ASAE
(tão diligentes  a analisar o creme que recheia as bolas de berlim)
recolheram amostras desses alimentos para posterior análise;
 
- No local em que a tenda foi instalada não há água nem gaz
canalizado. Como se fará a higiene pessoal do sr.Kadhafi?
Vai tomar banho à praia? E as ligações das botijas de gás?
Obedecem aos regulamentos de segurança ou haverá perigo de explosão,
pondo em risco a estabilidade do nosso Forte?
 
Sem querer ocupar o precioso tempo de V.Exa., certamente já a planear
a próxima ofensiva aos ciganos da Feira do Relógio
(não esquecer avisar a RTP, SIC e TVI), permito-me fazer um pedido:
será possivel prender aquele cigano que marcou um golo de trivela ao
meu Benfica?
 
Antecipadamente grato e
 
A BEM DA NAÇÃO (pobrezinha mas alegre)


Jamé...:


E, então, a ASAE, ainda não veio cá?

Esta "piada fácil", como a classificou o inspector-geral da ASAE, foi dita hoje pelo Presidente da República quando visitava a cozinha conventual do Mosteiro de Arouca, onde estavam expostas doçarias e produtos tradicionais da região. Cavaco Silva quis, assim, chamar a atenção para o excesso de zelo dos inspectores da ASAE nas várias acções que têm levado a cabo, no dia em que o presidente daquela entidade, António Nunes, foi ouvido em Comissão Parlamentar.  O próprio Presidente da República sublinhou mais tarde que "uma da qualidade fundamental que exercem cargos directivos e políticos, é o bom senso". Um recado directo para a ASAE. À saída da audição, quando confrontado com as declarações de Cavaco Silva, António Nunes considerou "normal" este tipo de "piada fácil", dizendo que tal significa que o trabalho "está a ser bem feito". Se até o Presidente da República critica desta forma, e em público, o trabalho da ASAE, certamente é porque, de facto, as inspecções desenvolvidas por esta entidade assumem contornos absurdamente exagerados. É, por isso, mais do que tempo de António Nunes e a tutela reflectirem qual o caminho que querem seguir.


Jamé...:


Domingo, 20 de Janeiro de 2008
Olha para o que eu digo, não olhes para o que eu faço

A notícia tem já uma semana, mas só hoje tomei conhecimento dela. É de tal forma caricata, que não posso deixar de a comentar aqui. Está uma vez mais relacionada com essa grande instituição que é a... ASAE! Não é que esta nova polícia, defensora da lei, da moral e dos bons costumes tem os extintores de incêndio da sua sede, na Avenida Conde de Valbom, em Lisboa, fora de prazo???!!! É caso para dizer "Em casa de ferreiro, espeto de pau" ou "Olha para o que eu digo, não olhes para o que eu faço".  Esta situação relatada no semanário Expresso da semana passada levantam, desde já, várias questões. Que autoridade moral tem a ASAE para penalizar terceiros por não cumprirem os normativos legais, se ela é a primeira a violá-los? E quem fiscaliza a ASAE? Quem lhe levanta os autos-de-notícia e os envia para o tribunal? Já não bastava o presidente da instituição ter sido apanhado a fumar no Casino Estoril na noite de passagem-de-ano, numa altura em que a nova Lei do Tabaco estava já em vigor? Quantos mais casos de clara violação das leis iremos ainda descobrir relacionados com a nova polícia dos bons costumes? Sempre ouvi dizer que o primeiro exemplo deve vir de cima. Não é, claramente, o que se passa com a ASAE!


Jamé...: Escandalizada
Música: Relato do Barcelos vs Rancing Santander na SportTV1


Sábado, 19 de Janeiro de 2008
A lei da rolha (estará dentro da lei?)

O Governo parece incomodado com o crescente protagonismo da ASAE e, em particular, do seu director-geral, António Nunes, cujas declarações públicas causam quase sempre polémica. E, por isso, a acreditar na edição de hoje do semanário Sol, o ministro da Economia, Manuel Pinho, terá pedido mais contenção ao homem forte da ASAE, quer no que diz respeito aos comentários em público, quer na publicitação das acções de fiscalização e respectivos resultados, argumentando que este organismo já é suficientemente (re)conhecido pelos portugueses. Mas ao impor esta "lei da rolha", o Governo mostra, uma vez mais, até onde vai o seu controlo ao nível da comunicação institucional e admite que algumas verdades são mesmo incómodas. E quando não se gosta da mensagem, normalmente mata-se o mensageiro.


Música: Relato do Sporting vs lagoa na Rádio Renascença
tags: , ,


Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008
O papão da ASAE!

O director-geral da Saúde pediu à ASAE que fiscalize urgentemente os estabelecimentos de restauração e bebidas que exibam o dístico azul, informando os clientes de que podem fumar naqueles locais. A ARESP, entidade que representa esses estabelecimentos, insurgiu-se contra essa declaração de Francisco George, argumentando que está montada uma campanha persecutória aos empresários que permitem o fumo nos seus estabelecimentos.

Não me parece que a ASAE necessite que alguém lhe lembre quais são as suas obrigações. Já deu mais do que provas que existe para ter mão firme para com os prevaricadores. Além de que, como fumador, o director-geral da ASAE deve estar suficientemente bem informado de quais os locais onde é permitido o fumo e em que condições é que estes (não) funcionam.

Já agora, uma vez que na vida há que ter também algum sentido de humor, aqui ficam exemplos de situações em que os inspectores da ASAE deveriam actuar:

ASAE FECHA IGREJA

 " O padre dava óstias que não se encontravam de acordo comas normas da

 ASAE . Além disso fazia-o com as mãos , introduzindo-as directamente

 no orificio oral das vítimas , não usando vestuário de protecção -

 declarou o porta-voz da mesma..."

 

 

ASAE FECHA TAMPA DE SANITA

 " ...tinha acabado de mijar . - confessou o agente em questão , no

 passado dia 8 de Outubro à Revista Cor-de-Rosa.

 

 ASAE FECHA PERNAS DE PROSTITUTA

 " O local de trabalho não estava de acordo com as normas de higiene da

 ASAE , havendo inclusivé animais não vacinados no local  - cita uma

 agência notíciosa.

 

 ASAE FECHA ESTABELECIMENTO FECHADO

 " A ASAE encetou hoje uma grande operação , pelas 04h da manhã , na

 Região de Lisboa , tendo para isso usado um contingente de 50 homens ,

 armamento vário, 8 chaimites, 12 cães e um gato que ia por ali a

 passar . Ao chegar ao local, os agentes depararam-se com um

 estabelecimento fechado . Vários agentes encaminharam-se então pra ir

 chamar o dono do estabelecimento que, ainda em ceroulas, veio abrir o

 estabelecimento . Abriu a porta e , acto continuo, os agentes fecharam

 aquele estabelecimento , uma vez que estava aberto a umas horas que

 estavam fora do periodo licenciado . - in Correio da Manhã

 

 ASAE FECHA UM ENVELOPE

 " Um agente usou a língua para humedecer o sobrescrito e fechou-o

 muito bem fechadinho . O Chefe da ASAE recomendou este agente para uma

 condecoração , dado o esmero utilizado no cumprimento do dever -

 noticiou a Lusa.

 

 ASAE FECHA BRAGUILHA

 " Agente que andava de braguilha aberta desde ontem , fechou-a hoje .

 Interpelado pra comentar o caso , o agente diz "...que se esqueceu." -

 noticiou a Revista Cor-de-Rosa.

 

 ASAE FECHA ASAE

 " Um dos funcionários da ASAE encontrava-se no local sem ter fechado

 nada ainda , sendo que isto vai contra o regulamento interno da ASAE ,

 no que toca ao art.23 ,parágrafo 2 , alinea b ) " A fechar é que

 agente está bem . Se não estamos a fechar nada, mais vale fechar isto

 ." - anunciou hoje de manhã o responsável , citando uma fonte ligada

 ao caso.


Jamé...:


Me, myself & I
Pesquisar neste blog
 
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

Choco frito... à moda de ...

ASAE FECHA SÉ CATEDRAL DE...

Mais uma piada fácil

E, então, a ASAE, ainda n...

Olha para o que eu digo, ...

A lei da rolha (estará de...

O papão da ASAE!

Memórias

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Outros Jamé!
Bibliografia
"Génese e desenvolvimento do movimento feminista português (1890-1930)", dissertação de mestrado em História do século XX, FCSH/UNL, Abril de 2005
Em co-autoria: "Memórias da Siderurgia - Contribuições para a História da Indústria Siderúrgica em Portugal", coordenação Maria Fernanda Rollo, ed. História e Câmara Municipal do Seixal, 2005
É @ visitante nº...
Free Counter
Free Counter
Publicidade

Visit Animal friends from Europe
Locations of visitors to this page
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds