... ou a arte de bem fazer política à portuguesa
Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008
Quem não deve... não teme

Desde que iníciou o processo de encerramento de urgências hospitalares e Serviços de Atendimento Permanente (SAP), o ministro da Saúde tem estado debaixo de fogo cerrado. População, autarcas, partidos da oposição e técnicos de saúde têm-se manifestado veementemente contra esta política. Mas com uma calma por vezes a roçar o cínico, Correia de Campos tem sempre defendido o seu projecto de reestruturação da rede de urgências, chegando mesmo a alvitrar que, daqui a pouco tempo, os portugueses até lhe vão agradecer por ter tomado estas decisões. O problema é que os sucessivos casos de mortes ocorridas em áreas onde recentemente encerraram serviços de urgência em nada abona em favor desta política arrogante. E hoje mesmo, um bebé de cerca de três meses morreu ao colo da mãe, dentro de uma ambulância, ao seu transportado ao Hospital de Viseu, uma vez que as urgências do da Anadia foram encerradas. Como defende o presidente da Administração Regional de Saúde - Centro, pode nem haver um nexo de causalidade entre um e outro facto, mas a verdade é que a suspeição fica sempre no ar. E cria insegurança na população. Mais. Se Correia de Campos tem tanta certeza de que este é o caminho certo, não se percebe por que razão, hoje mesmo, evitou uma manifestação de utentes dos hospitais de Anadia e da Universidade de Coimbra, quando se deslocou ao Hospital dos Covões para inaugurar a nova Unidade de Cardiologia de Intervenção. Em vez de entrar pela porta principal, entrou pela porta do cavalo. Costuma dizer-se que quem não deve, não teme!, mas o ministro da Saúde deve ter-se esquecido deste adágio popular. Ou será que deve alguma coisa?


Jamé...: Revoltada!
Música: O ladrar insistente da Pantufa


Me, myself & I
Pesquisar neste blog
 
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

Porque hoje é domingo....

Porque hoje é domingo...

Porque hoje é domingo....

Sugestão de solidariedade

Sugestão de solidariedade

Haja coerência!

Dar o exemplo

Porque hoje é domingo...

Sugestão de passeio

Porque hoje é domingo....

Memórias

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Outros Jamé!
Bibliografia
"Génese e desenvolvimento do movimento feminista português (1890-1930)", dissertação de mestrado em História do século XX, FCSH/UNL, Abril de 2005
Em co-autoria: "Memórias da Siderurgia - Contribuições para a História da Indústria Siderúrgica em Portugal", coordenação Maria Fernanda Rollo, ed. História e Câmara Municipal do Seixal, 2005
É @ visitante nº...
Free Counter
Free Counter
Publicidade

Visit Animal friends from Europe
Locations of visitors to this page
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds