... ou a arte de bem fazer política à portuguesa
Sexta-feira, 19 de Setembro de 2008
Choco frito... à moda de Setúbal!
Adoro choco frito! Sempre que vou a Setúbal e tenho oportunidade, almoço choco frito. Dizem que é um dos pratos típicos da região. Mas nunca um choco frito me tinha ficado atravessado na garganta como hoje, acreditem!
 
De férias, decidi ir com a família à cidade sadina comer choco frito. Depois de muito procurarmos, optámos por um restaurante situado na Rua dos Mareantes com o sugestivo nome "O Cantinho dos Artistas". Nem eu imaginava o quanto este nome se encaixava na perfeição nos responsáveis pelo restaurante.
 
Uma vez que o choco frito era prato do dia, pedimos choco frito para todos. Meia hora depois, e visto que nunca mais éramos servidos, perguntá-mos ao empregado se ainda demorava. Responde-nos que estava quase a sair. Dez minutos depois, insistimos e obtivemos a mesma resposta. Mais dez minutos, e já fartos de esperar pelo choco frito que era prato do dia, queixámo-nos a outro empregado e nos respondeu o mesmo: "Está mesmo a sair"! Cinquenta minutos depois de nos termos sentado - 50 minutos - fomos finalmente servidos.
 
Obviamente que não me calei. Como é possível que num restaurante se esteja 50 minutos à espera de um prato do dia? Enquanto almoçávamos ouvi um dos empregados a contar ao outro que tinha ido comprar o choco à pressa. Aí, percebi o que realmente se tinha passado. O choco frito constava na ementa para atrair a clientela. Quando nós perguntámos se havia, em vez de nos terem dito que não, preferiram deixarem-nos 50 minutos à espera, enquanto alguém foi comprar o choco à pressa, arranjá-lo e fritá-lo.
 
Pedi o livro de reclamações e registei a queixa. O dono do restaurante (que nunca se mostrou) queria que eu lhe mostrasse os meus documentos, pedido que recusei, como é claro. Aguardo agora que as entidades competentes me digam de sua justiça. E já agora, que a ASAE faça uma das suas visitinhas àquele Cantinho dos Artistas. Iam gostar muito do que lá iriam encontrar, acreditem!
 
 

Jamé...:


Me, myself & I
Pesquisar neste blog
 
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Posts recentes

Porque hoje é domingo....

Porque hoje é domingo...

Porque hoje é domingo....

Sugestão de solidariedade

Sugestão de solidariedade

Haja coerência!

Dar o exemplo

Porque hoje é domingo...

Sugestão de passeio

Porque hoje é domingo....

Memórias

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

tags

todas as tags

Outros Jamé!
Bibliografia
"Génese e desenvolvimento do movimento feminista português (1890-1930)", dissertação de mestrado em História do século XX, FCSH/UNL, Abril de 2005
Em co-autoria: "Memórias da Siderurgia - Contribuições para a História da Indústria Siderúrgica em Portugal", coordenação Maria Fernanda Rollo, ed. História e Câmara Municipal do Seixal, 2005
É @ visitante nº...
Free Counter
Free Counter
Publicidade

Visit Animal friends from Europe
Locations of visitors to this page
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds